sábado, 11 de junho de 2011

Produção de insulina por microorganismos

As pessoas que não produzem a quantidade suficiente de insulina, como os diabéticos, precisam tomá-la em forma de remédio, mas como é fabricada essa insulina vendida como remédio?
A maneira mais antiga para se obter insulina é fazer sua extração a partir de pâncreas de bois e porcos. A insulina que esses animais produzem é bastante parecida com a humana, e pode mesmo exercer suas funções em nosso organismo. Entretanto, algumas pessoas reagem com manifestações alérgicas a essa insulina.
Hoje em dia já é possível fabricar insulina a partir de bactérias, que normalmente não produzem essa substância. A produção de insulina pelas bactérias é possível graças às técnicas da biotecnologia. Atualmente é possível introduzir segmentos do DNA humano no DNA das bactérias.

Usando as enzimas de restrição pode-se cortar segmentos de DNA que contenham informações para a síntese de uma determinada proteína, quer dizer, pode-se cortar o DNA separando partes que contêm genes.
Com essa técnica é possível isolar pedaços de DNA com genes escolhidos, como por exemplo o gene responsável pela síntese de insulina.
Também com o uso de enzimas de restrição é possível romper o DNA de plasmídios das bactérias.
Utilizando o DNA ligase, capaz de refazer as ligações entre as moléculas de DNA, é possível refazer os plasmídios introduzindo o pedaço de DNA humano.
Com essa técnica consegue-se passar um segmento do DNA humano para o plasmídio de uma bactéria.
Com esse processo as bactérias tornam-se produtoras de proteínas humanas.
Nos laboratórios seu material genético é “transformado”, e elas passam a ser capazes de sintetizar substâncias como a insulina humana, o hormônio do crescimento e outras. Se elas forem mantidas vivas e em crescimento, tornam-se verdadeiras fábricas de produtos exatamente iguais aos que nosso corpo produz.



10 comentários:

  1. Olá, sou estudante de Biotecnologia e gostaria de saber a fonte dessa postagem?
    Estou precisando urgente de artigos sobre o assunto.
    ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um bom artigo sobre :D http://www.biotecnologia.com.br/revista/bio23/producao.pdf

      Excluir
    2. um bom artigo sobre :D http://www.biotecnologia.com.br/revista/bio23/producao.pdf

      Excluir
  2. Tenho interesse e fabrica em nossa unidade farmacêutica ?

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, podiam esclarecer-me qual a bactéria utilizada para sintetizar a insulina? Obrigado

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Essas estruturas produtoras de insulina não podem ser injetadas no organismo humano de forma a se replicar e propiciar uma possível "cura" do Diabetes? O interesse financeiro das indústrias farmacêuticas permitiria isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não teria como. A "estrutura produtora de insulina" é uma bactéria que produz outras coisas além da insulina humana. O que fazem antes é purificar com alguma tecnica (HPLC, talvez) a insulina e comercializar. Além disso ela é produzida no pancreas, então teria que criar uma maneira de colocar a bactéria no pancreas, do nosso sistema imunológico não destruir a bactéria (e esse modo de enganas o sistema imune não possa ser usado por outras bactérias patogênicas)

      Excluir